Se munícipe desistir do processo, prefeito flexibilizará igrejas, garante Artur Henrique

Diante da discussão da abertura das igrejas, o vereador Artur Henrique (DEM) afirmou que o prefeito só não editou um decreto de flexibilização porque havia uma ação no Ministério Público, mas que se o munícipe desistir oficialmente do processo, o prefeito também se manifestará oficialmente.

Henrique explicou que o Ministério Público manifestou contrário à abertura das igrejas e por isso o prefeito não editou o decreto. Caso fizesse isso, teria que fechar as igrejas novamente. Mas com a desistência do processo, a flexibilização ocorrerá.

X

Desculpe-nos

Não é permitido download