Chanel diz que se projeto de redução for constitucional, apresentará emenda de 60%

O vereador Chanel (SD) disse que se o projeto apresentado pelos vereadores do DEM for constitucional, ele apresenta uma emenda para reduzir 60% dos vencimentos dos vereadores. Ele alertou que a prática pode ser vista como populista e puramente eleitoreira, acarretando ações contra os próprios vereadores, mas que se for provada a legalidade, ele não terá problema em apontar um valor ainda menor.

Chanel voltou a criticar os atos populistas do prefeito e lembrou que ele está deixando a cidade com uma dívida acima dos R$ 200 milhões e que se não fosse a Câmara economizar dinheiro nos últimos anos, a prefeitura não teria dinheiro para pagar o décimo terceiro dos funcionários. Aproveitou para elogiar a economia que o presidente da Câmara vem fazendo, porque será ela que pagará mais uma vez o décimo terceiro dos servidores.

O vereador apontou ainda que o prefeito tentou vender o SAAEB, mas os vereadores não concordaram e que agora usa do populismo para encobrir uma dívida milionária. Chanel ainda disse que o prefeito usa dois pesos e duas medidas, pois ao doar álcool 70% ao Hospital, o partido do prefeito entrou contra uma representação contra o vereador.

X

Desculpe-nos

Não é permitido download