Jorge lamenta aprovação da reforma do magistério estadual

Jorge Cardoso (PSD) agradeceu ao vereador Nasser por ter ido protestar em defesa dos servidores. Ele disse que apesar das divergências e debates difíceis com o colega, como professor ele reconhece a importância de ir a São Paulo.

Jorge é professor da rede pública e disse que recebe menos de dois salários na rede pública e que o baixo salário é realidade no estado mais rico da federação. O vereador ainda disse que as ações truculentas são medidas de praxe do governo estadual.

“Quando falo do professor, não posso esquecer dos outros servidores. Seria injusto falar que não precisa de reforma, mas não da forma que foi feita. Compra de votos, manipulação, truculência. É vergonhoso”. Jorge citou ainda a fala do então candidato Dória de que não mexeria na reforma dos servidores.

O vereador relatou o descontentamento geral do magistério e que muitos – após a reforma – pensam em desistir. “Existe um trabalho massivo para destruir os servidores, quem educa, quem faz a segurança pública nesse país virou inimigo”.

Por fim, Jorge disse que a educação não é levada a sério nesse país e que os grandes temas são tratados de forma indecorosa. Ele clamou a união dos servidores, visto que vão destruir o serviço público do país.

X

Desculpe-nos

Não é permitido download