Projeto que poderia barrar emendas dos vereadores é rejeitado na Câmara

Em pe, vereadores rejeitam proposta do prefeito Fernando Galvão Moura Em pe, vereadores rejeitam proposta do prefeito Fernando Galvão Moura Foto: Assessoria de Imprensa/Câmara
Por 5 votos a 4, os vereadores de Bebedouro rejeitaram – nesta segunda-feira (20), em sessão extra, o projeto de lei do prefeito Fernando Galvão Moura que tratava do impedimento de emendas apresentadas pela Câmara ao Orçamento Municipal, as chamadas emendas impositivas, ao final de cada ano.
 
Pelo projeto, seriam rejeitadas as emendas que apresentassem problemas de “ordem técnica”. Ao discursar na tribuna, o vereador Paulo Bola (MDB) justificou seu voto contrário ao projeto, classificando-o como vago e sem as informações necessárias para que pudesse ser aprovado pelos vereadores.
 
Além de Paulo Bola, votaram contra a proposta Silvinho do Pão de Queijo (PSDB), Mariângela Mussolini (MDB), Fernando Piffer (PSDB) e Chanel (SD).
 
Nesta segunda-feira, os vereadores aprovaram ainda uma reposição salarial da ordem de 4,31% aos vencimentos dos servidores públicos do Executivo, Legislativo assim como do prefeito, vice-prefeito e secretários municipais, conforme estabelece a Constituição Federal.
 
Os vereadores aprovaram ainda a abertura de crédito especial no valor de R$ 409 mil para a primeira etapa do projeto da Fonte Interativa de Águas no Parque da Família. O projeto é fruto de um convênio estadual para infraestrutura no Turismo.
 
O Legislativo também aprovou projeto de lei que denomina a quadra da EMEF Yolanda Carolina Giglio Vilella de professora Anita Giglio Vilella, na zona norte.
X

Desculpe-nos

Não é permitido download