Piffer afirma que prefeito quis sim vender o SAAEB, mas que ação rápida de vereadores impediu

 

Após a fala do presidente do SAAEB Ambiental na tribuna, o vereador Piffer afirmou que se não fosse o PSDB, na pessoa dele e do vereador Silvio Delfino, e o Chanel (SD), o prefeito teria vendido o SAAEB. Ele citou que tanto ele como Chanel foram pressionados para aceitarem a venda.

Piffer afirmou que deixaram de investir no SAAEB para viabilizar a venda e criticou o fato de que o antigo gestor antes servia e agora não serve mais e que antes a autarquia não tinha nada e agora está fazendo tudo. De acordo com a análise do vereador, a mudança do discurso ocorreu porque antes queria vender a autarquia.