Silvinho fala de seu trabalho em prol do Meio Ambiente

Área verde cuidada por Silvinho há cerca de 20 anos às margens da Rodovia Pedro Monteleone é um local repleto de plantas ornamentais, medicinais e frutíferas Área verde cuidada por Silvinho há cerca de 20 anos às margens da Rodovia Pedro Monteleone é um local repleto de plantas ornamentais, medicinais e frutíferas
Durante discussão de projeto de lei para criação do Conselho Municipal de Meio Ambiente, o vereador Silvinho do Pão de Queijo (PSDB), lembrou seu trabalho em prol da preservação do verde. Silvinho destacou a área de proteção e o viveiro de plantas com cerca de 600 espécies, entre árvores frutíferas e ornamentais, que mantém no Jardim Talarico.

Morando há quase 25 anos na avenida Dimer Piovezan, o vereador lembra quando o então prefeito Edne José Piffer chegou ao local pedindo que reflorestasse. “Não me esqueço disso, ele chegou com a máquina patrola, era um lixão lá, ‘Silvinho, aqui vai morrer um lixão e nascer uma área verde’”, conta Silvinho que hoje preserva cerca de 800 árvores, entre ipê, cedro, paineira, farinha seca, entre outras, além de espécies frutíferas.

O verde também se faz presente na rua Renor Oliver, com o plantio de 80 mudas de goiaba. “Tem também flamboyant mirim, pinha, acerola”, fala o vereador. Já no viveiro é possível encontrar mudas de diferentes qualidades, “agora estou fazendo mudas de jabuticaba para dar gratuitamente às pessoas”, revela.

Para o vereador, Bebedouro precisa tomar como exemplo a cidade de Curitiba. “É uma cidade arborizada, uma coisa linda andar pela cidade, o jardim botânico que Curitiba é a coisa mais linda que tem no estado do Paraná”, afirma.