Alegando compromisso, prefeito informa que faltará à audiência da CPI e data é adiada

Alegando compromisso na agenda em razão da visita da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, à cidade, o prefeito Fernando Galvão (DEM) informou que não comparecerá à audiência marcada pela CPI, que aconteceria nesta quinta (01).
 
Em ofício enviado à Comissão, o prefeito alega ainda que não foi observado o regimento interno da Câmara, mas o parecer emitido pela assessoria jurídica da casa legislativa garante que o processo de instalação observou o processo legal.
 
O vereador e presidente da comissão, Engenheiro Nasser (Rede), informou que devido à ausência do prefeito, a data estabelecida para ouvir as testemunhas (02) também foi adiada.
 
O novo dia agendado será na segunda (05) para o chefe do Executivo, às 9h e dia 7 (quarta) para as testemunhas. Nasser explica que o prefeito tem o direito de se manter em silêncio e que a participação dele não é obrigatória, mas ajudaria a esclarecer os fatos.
 
Para quarta-feira (07) estão programados os seguintes depoimentos para parte da manhã, às 9h: da diretora do Sasemb, Edna Maria Soares da Silva, do diretor financeiro da Prefeitura, Josué Marcondes, e do controller, Luis Antonio Nogueira.
 
Às 14h serão ouvidos Paulo Chiaroni e Aglaciles Cyrillo, que integram o Comitê de Finanças do Sasemb e o Conselho Municipal de Previdência de Bebedouro. Os trabalhos são abertos ao público.