Câmara vota punição a maus-tratos em animais e mais seis projetos

Os vereadores se reúnem nessa segunda (10) para discutirem o projeto que proíbe e pune práticas de maus-tratos contra animais domésticos. Se for aprovado, os animais não mais poderão ficar presos a correntes e nem confinados em pequenos espaços. O tutor do animal pagará uma multa caso seja comprovado os maus-tratos. A iniciativa é da vereadora Mariangela Mussolin (MDB).

O Executivo é autor de três projetos, sendo que um deles é o que autoriza a contratação de operação de crédito no valor de R$ 492 mil para compra de um caminhão de lixo e de uma ambulância.

Já a outra propositura abre um credito especial no valor de R$ 72 mil para compra de materiais odontológicos. E por fim, o último projeto é sobre a doação de um imóvel para Associação Voluntária de Combate ao Câncer.

Há ainda três projetos de decreto legislativo que concede títulos. Os vereadores Silvinho do Pão de Queijo e Fernando Piffer – ambos do PSDB -  são autores do projeto que concede o a medalha Raul Furquim ao futebolista Celso Michelon.

Os vereadores Tota (SD), Chanel (SD) e Piffer (PSDB) indicaram o Sr. Pascoal Marracini - Sereníssimo Grão-Mestre do GOP - Grande Oriente Paulista para receber o título de Visitante Ilustre.

E por fim, será votado o título de Cidadão Ilustre ao Sr. Flavio Mira D’Arbo que é capitão da PM de São Paulo. A iniciativa é do vereador Artur Henrique (DEM).