Jorge consegue adiar projeto que reduz salário de professores especialistas

 Após um pedido de adiamento, o vereador Jorge Cardoso (PSD) conseguiu adiar a votação do projeto que reduz o salário dos professores mestres e doutores da rede municipal de ensino.

Desde o ano passado, o projeto está na casa legislativa e ainda não houve um acordo entre os professores e o Poder Executivo e os membros do Fundeb. O projeto entrou na pauta de votação após um pedido da vereadora Sebastiana Tavares (DEM), mas foi retirado após o vereador Professor Jorge interceder.

“Eu me reuni com professores e estamos dispostos a achar um meio termo e há sim como resolver. O executivo está disposto. Nós sabemos da importância de corrigir o anexo e vamos achar o meio termo. Vamos ouvir as duas partes, mas hoje na primeira sessão do ano não seria correto votar”.

O projeto visa corrigir o anexo da lei que trata do plano de reestruturação dos profissionais do magistério. De acordo com a justificativa do projeto, o cálculo foi feito de forma equivocada e os profissionais estariam recebendo de forma errada. O erro, contudo, não seria dos professores, mas sim da lei que está em desacordo com o anexo publicado.