Miguel Quessada

Miguel Quessada

Write on Terça, 22 Maio 2018

O vereador Fernando Piffer (PSDB) ao fazer uso da tribuna mostrou a preocupação que o seu partido tem com o trânsito de Bebedouro. O tucano com o seu colega de bancada Silvio Delfino conseguiu uma verba no valor de R$ 500 mil junto ao deputado estadual Marco Vinholi que será aplicada no trânsito.

Piffer disse que os dados são alarmantes e explicou a dificuldade existente em compilar as informações, mas também apontou sugestões que foram acatadas e diminuíram os acidentes na Raul Furquim, como por exemplo, a mudança de tempo nos semáforos.

Ele lamentou que no país a lei não funciona. “Enquanto nos EUA o cidadão é penalizado aqui há o jeitinho brasileiro. Como médico e defensor da vida, lutarei para reduzir os danos dos acidentes de trânsito em nossa cidade”.

Write on Terça, 22 Maio 2018

Por sugestão do Conselho Municipal para Assuntos da Pessoa com Deficiência, os vereadores alteram a data da Semana de Prevenção que era realizada entre os dias 21 a 28 de agosto para 21 a 28 de setembro. Encabeçaram a mudança os vereadores Juliano Cesar (PSD), Nasser (Rede) e Sebastiana Tavares (DEM).

A justificativa para a mudança é a redução de custos já que no mês de setembro acontece o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência e em agosto devido à Festa do Peão em Barretos, os hotéis ficam lotados e os preços aumentam, dificultando assim a acomodação dos participantes. A alteração foi aceita por toda a edilidade.

Write on Terça, 22 Maio 2018

A professora Lucia Michelon foi surpreendida na última sessão legislativa. Ela que ocupou a tribuna da Câmara para falar sobre o Maio Amarelo e cobrar soluções efetivas do poder público para melhorar o trânsito em Bebedouro viu surpresa a aprovação do projeto outorgando-lhe o título de cidadã benemérita.

A proposta foi de iniciativa dos vereadores Jorge Cardoso (PSD), Chanel (SD) e Fernando Piffer (PSDB). Durante a votação, o projeto foi aprovado por unanimidade e os vereadores teceram elogios ao trabalho da educadora.

Confira o histórico da homenageada:

Lúcia Helena Cassiano Michelon é empresária do ramo educacional na cidade de Bebedouro, sua cidade natal. Nasceu em 09/07/1977, sendo filha primogênita de Firmino Cassiano e Maria de Lurdes Mazzuco Cassiano, tendo como irmãos Maria Elisa, Rosa e Lúcio Mauro.

Iniciou sua trajetória estudantil no Lions Clube, onde passou pela Educação Infantil. Posteriormente, dirigiu-se à escola José Francisco Paschoal, onde permaneceu até a conclusão da 8ª série, e, em seguida, à escola Abílio Manoel, onde concluiu o Ensino Colegial completo.

Em 1985, concluiu a graduação no curso de Licenciatura em Matemática pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Bebedouro. Posteriormente, se especializou em Matemática pela Faculdade de Educação São Luiz (2003), em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (2010) e em Gestão Educacional pela Faculdade Positivo (2015).

Entre os anos de 1989 e 2016, exerceu o magistério profissional na rede pública de ensino, ocupando o cargo de PROFESSOR EFETIVO (PIII) – MATEMÁTICA.

Casou-se com Sandro Roberto Michelon, com quem teve 04 (quatro) filhos: Felipe Cassiano Michelon, Eduardo Cassiano Michelon, Júlia Cassiano Michelon e Beatriz Cassiano Michelon.

No ano de 1993, com seu então esposo, fundou o Colégio Convívio, em sociedade com Mário Luiz Ribeiro e Cristiane dos Santos Ribeiro, iniciando suas atividades em 1994, cuja missão se traduz no desenvolvimento integral de nossos alunos, através de práticas educativas que contribuam com a formação de cidadãos responsáveis, críticos, éticos e solidários, refletindo no desenvolvimento de nossa sociedade, contando atualmente com uma equipe de 59 funcionários, divididos entre os segmentos diretivo, administrativo e corpo docente.

Naquela ocasião, a escola iniciou o ano letivo com 9 (nove) alunos matriculados, terminando ano com 69 (sessenta e nove) alunos. Atualmente, a escola conta com 480 alunos cursando o ano letivo de 2018.

Ao longo dos anos, Lúcia Helena muito contribuiu com a cidade de Bebedouro com a nossa população, formando cidadãos e verdadeiros seres humanos críticos, éticos e solidários, capazes de conhecer e reivindicar seus direitos, respeitando os direitos individuais e coletivos.

Além disso, Lúcia Helena sempre esteve engajada em diversos projetos sociais que fizeram a diferença em nossa cidade, especialmente ao lado de Sandro, na companhia de quem muito fez em termos de ações sociais em nossa cidade, envolvendo inclusive componentes da população carcerária, que produziam tapetes os quais eram posteriormente vendidos no comércio, cujo produto da respectiva venda era revertido em prol dos detentos, além de propiciar aos mesmos a remissão da pena e a possibilidade de aprendizado de uma nova profissão. Sua capacidade de liderança e de agregar pessoas estimulou o constante engajamento de alunos, pais, funcionários do Convívio e de tantos outros munícipes em projetos por ela mesma desenvolvidos e em tantos outros por ela apoiados durante sua trajetória de vida.

Atualmente, Lúcia Helena, através do Colégio Convívio, desenvolve os seguintes projetos sociais:

  1. “Lacres que Unem”: consistente na arrecadação de lacres de latas de bebidas que são trocados por cadeiras de rodas que são posteriormente doadas à Fundação Abílio Alves Marques. Desde o ano de 2016 a 2018 já foram doadas 07 (sete) cadeiras;
  1. “Tampas que Transformam”: consiste na arrecadação de tampinhas de garrafas plásticas, que são trocadas por litros de leite que posteriormente são doados à Casa de Santa Clara;
  1. “Amigos do Planeta”: projeto mediante o qual os alunos trazem garrafas pet e latinhas que são encaminhadas à indústria de bebidas POTY, cuja renda obtida é revertida em favor do Educandário Santo Antônio;
  1. “Páscoa Solidária”: consiste na arrecadação de bolachas que são distribuídas entre as entidades que cuidam de idosos no município de Bebedouro;
  1. “Caminhada pela Vida”: realizada no intuito de apoiar o Movimento Maio Amarelo, cuja proposta é chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.
Write on Quinta, 17 Maio 2018

Os vereadores Silvio Delfino (PSDB) e Fernando Piffer (PSDB) foram os autores da moção de aplausos à equipe técnica do Instituto Sonho Vivo pela classificação no Campeonato Brasileiro de Karatê.

O bom desempenho dos atletas Nelson da Silva e Rogério Wanatab – medalhistas de ouro no Campeonato Paulista – classificou o município para o campeonato brasileiro que será realizado em Minas Gerais.  Realizado em São Bernardo do Campo, o Campeonato Paulista reuniu 1549 atletas de 90 municípios e 196 associações esportivas.

Para Delfino, exemplos como os atletas do Instituto Sonho Vivo são dignos de admiração e respeito. “ Eles irradiam uma chama de esperança que nos faz acreditar em dias melhores, desempenham um papel social muito importante para nossa cidade através do Instituto”.

Write on Quinta, 17 Maio 2018

Em requerimento aprovado pelos vereadores, Nasser (Rede) cobra o motivo da Casa de Apoio São Camilo em Barretos ainda não ter sido reformada, já que em vistoria realizada em junho de 2017, ele constatou a precariedade do local.

Após a visita do vereador, uma equipe técnica da prefeitura esteve na casa de apoio e elaborou um laudo que apontava a necessidade de reforma. A informação dada era que após o laudo, uma licitação seria realizada a fim de reformar o lugar, mas passado quase um ano da promessa, os serviços não foram realizados.

A Casa de São Camilo é um imóvel da prefeitura que está localizado na cidade de Barretos e oferece comodidade aos usuários da rede municipal de saúde que precisam de apoio durante a estadia. O local oferece café da manhã e lanches durante o dia enquanto os pacientes esperam o atendimento.

De acordo com o vereador, o local se encontra em péssimo estado de conservação. As paredes estão rachadas e os banheiros com infiltração. Também não existe uma cobertura para abrigar a ambulância que fica estacionada aguardando os pacientes.

No requerimento aprovado, Nasser questiona a data em que o prefeito tomou conhecimento do laudo e o motivo das providências não serem realizadas.

Write on Quarta, 16 Maio 2018

Os novos espaços que foram inaugurados no início do mês nas escolas Paulo Rezende Torres de Albuquerque e Pedro Pelegrino já foram alvos de vandalismo. A vereadora Sebastiana Tavares (DEM) lamentou o fato de que alguns vidros foram quebrados, além do espelho próximo ao bebedouro.

Ela fez um apelo à população: “Ajude-nos. O que foi feito é para vocês, é para os filhos de vocês. O dinheiro que vamos gastar para arrumar novamente poderia ser utilizado para outras coisas”.

Write on Quarta, 16 Maio 2018

Um dos maiores incentivadores dos artesãos, o vereador Rogério Mazzonetto (PDT) disse que a Feira do Artesão completa um ano de funcionamento em Bebedouro.

As reuniões com os profissionais ocorrem na Câmara Municipal e cada evento realizado, a feira é aperfeiçoada e tem conquistado um público cada vez maior. Na véspera do dia das mães foi realizado o Bebedouro das Artes e no próximo dia 20 haverá uma nova feira em que se comemorará um ano de funcionamento.

 O evento será realizado na praça Carlos Gomes e contará com mais de 35 barracas, além de food truck e diversas apresentações com os alunos do Projeto Guri, ONG Praticare, Gênesis e Padre Sergio Bedin.

Write on Quarta, 16 Maio 2018

No mês em que se comemora a enfermagem, o vereador Paulo Bola (MDB) trouxe uma importante notícia aos profissionais que trabalham na saúde pública do município: a liberação de uma verba no valor de R$ 500 mil para saúde por intermédio do deputado federal Baleia Rossi (MDB).

 A verba de custeio não exige contrapartida da prefeitura. Bola disse que marcará uma reunião com o prefeito Fernando Galvão e a diretora da Saúde, Sônia Junqueira para decidirem o melhor destino para aplicação do dinheiro. “ Se cada vereador trouxesse um pouquinho, seria um montante que ajudaria a nossa cidade”.