Miguel Quessada

Miguel Quessada

Write on Terça, 20 Fevereiro 2018

A Câmara aprovou o projeto de lei que que garante a presença de bombeiros civis nos estabelecimentos pessoas públicos e privados com concentração de pessoas. O projeto original previa a presença desses profissionais para eventos a partir de 3000 pessoas. A votação foi acompanhada pelos profissionais da área.

Graças a uma emenda de autoria dos vereadores Chanel (SD), Sebastiana Tavares (DEM), Jorge Cardoso (PSD) e Rogério Mazzonetto (PDT), o projeto aprovado reduz esse número a 1500 pessoas ou a partir de 300 pessoas quando for em área fechada.

Os vereadores aprovaram ainda o projeto do vereador Nasser (Rede) que institui o Dia Municipal de Luta, Conscientização e Combate à Pedofilia, ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes no calendário oficial de eventos do município de Bebedouro e dá outras providências.

E por fim, a edilidade aprovou o requerimento de autoria conjunta dos vereadores Paulo Bola (MDB) e Nasser (Rede) que pede ao Sasemb que informe mês a mês os questionamentos relacionados às contribuições previdenciárias.

Write on Terça, 20 Fevereiro 2018

O presidente da Câmara, vereador Chanel (SD) recebeu em seu gabinete o superintende regional do Instituto nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA -  o deputado estadual Alexandre Pereira da Silva (SD).

“Alexandre trouxe algumas demandas que está trabalhando na região e deixou um abraço aos colegas aqui. Ele ajudou a Coperfam a conseguir a documentação necessária para que fosse instalada”.

Chanel adiantou que no próximo fim de semana estará em reunião com vice-governador do Estado Marcio França (PSB) para tratar de assuntos relacionados à cidade. Com a entrada de Alckmin para disputar as eleições, França assumirá o Palácio dos Bandeirantes.

Write on Sexta, 16 Fevereiro 2018

O vereador Juliano Cesar (PSD) ao fazer uso da tribuna destacou o trabalho que a ABA – Associação Bebedourense de Atletismo realiza de forma voluntária na cidade e tem por objetivo levar saúde para população de forma gratuita.

Os treinos são realizados na FECCIB Velha nos seguintes horários:

Segunda, quarta e sexta das 18h30 às 20h;

Terça e quinta das 7 às 8h (iniciantes) e à noite das 19h às 20h

Juliano parabenizou pela oferta de horários possibilitando assim que mais pessoas participem. “Parabéns à família ABA por essa iniciativa”.

Write on Sexta, 16 Fevereiro 2018

O vereador Jorge anunciou a chegada à Câmara Municipal do projeto que dispõe sobre a obrigatoriedade de manutenção de uma brigada profissional composta por bombeiros civis em estabelecimentos como shoppings, casa de shows, universidades e eventos acima de 3 mil pessoas.

A proposta é uma resposta ao anteprojeto encabeçado por Jorge e subscrito por outros vereadores que cria a possibilidade dos bombeiros civis trabalharem e salvarem vidas.

Jorge convocou os bombeiros civis e população para que compareçam à próxima sessão (19) para acompanharem a votação do projeto.

Write on Sexta, 16 Fevereiro 2018

O vereador Nasser (Rede) cobrou a inclusão do projeto que dispõe sobre a criação do cargo de coordenador pedagógico nas escolas. A proposta que se encontra na Câmara desde o começo de outubro, chegou a entrar em votação, mas teve um pedido de vistas por parte da vereadora Sebastiana Tavares (DEM) e ainda não voltou à ordem do dia para ser votado.

Atualmente, o cargo de coordenador é preenchido por profissionais do magistério que se licenciam da sala de aula para exercer a função. Dessa forma, a rotatividade é muito grande e prejudica o trabalho realizado. Com a proposta, o quadro de coordenadores será preenchido por meio de concurso público específico, além de atender aos apontamentos do Tribunal de Contas.

Nasser disse que os professores vêm cobrando a inclusão da matéria e que conta com o apoio da maioria dos docentes. O projeto tem respaldo tanto na lei orgânica que determina que o cargo de coordenador deve ser via concurso público assim como no Plano Municipal de Educação.

Write on Sexta, 16 Fevereiro 2018

Após meses de discussão, audiência pública e alterações, a Câmara reprovou o projeto que cria o sistema de captação de usou e reuso das águas pluviais. O placar de votação ficou empatado com votos favoráveis dos vereadores Nasser (Rede) – autor da proposta – e dos vereadores Paulo Bola (MDB) e Mariangela Mussolini (MDB) e Jorge Cardoso (PSD). Votaram contrários os vereadores Fernando Piffer (PSDB), Silvio Delfino (PSDB), Rogério Mazzoneto (PDT) e Juliano Cesar (PSD).  Já os vereadores Tota Serotine (SD) e Sebastiana Tavares (DEM) estavam ausentes no momento da votação.

A proposta estabelecia que toda construção a partir de 150m² deveria conter sistema de captação. Nasser defendeu a aprovação do projeto, já que Bebedouro tem passado por períodos de estiagem e em alguns meses do ano tem faltado água nas casas dos moradores. O projeto recebeu apoio da Sociedade dos Engenheiros e das docentes do curso de Arquitetura e Urbanismo do IMESB, mas não foi suficiente para conquistar os seis votos necessários ao projeto.

Além do projeto, foram aprovadas mais duas propostas. A primeira que abre crédito especial no valor de R$ 230 mil para compra de um caminhão de lixo, e a segunda que abre crédito especial no valor de R$ 20 mil para publicações oficiais da SEMEB.

Write on Sexta, 16 Fevereiro 2018

Em meio aos boatos que circularam nas redes sociais de que um projeto sobre a concessão do SAAEB poderia ser votado na última sessão, a vereadora Sebastiana Tavares (DEM) assim como fez o presidente Chanel usou a tribuna para tranquilizar os funcionários do SAAEB e afirmou que não existe nenhum projeto ou estudo protocolado na Câmara.

Ela lamentou o terrorismo feito com os funcionários da autarquia e disse que eles estão certos em se preocuparem visto que é uma questão que mexe com o emprego, mas que até o momento a avaliação que está sendo feita não foi protocolada na Câmara.

“Nós não seríamos irresponsáveis em uma votação que fosse prejudicar vocês ou a nossa população”, tranquilizou a vereadora.

Write on Sexta, 16 Fevereiro 2018

Fraternidade e superação da violência foi o tema escolhido pela CNBB para a campanha da fraternidade do ano de 2018. A escolha foi abordada pelo vereador Fernando Piffer (PSDB) que mostrou que a ideia da igreja é dialogar e promover a paz.

O tucano explicou que há diversas formas de violência e não apenas a física, mas a doméstica, institucional, verbal, moral e cultural. Ele aproveitou para classificar a edição de vídeos mentirosos como uma forma de violência. “Isso é uma forma de violência verbal e moral pois engana as pessoas mentindo ou omitindo”.

Por fim, ele aproveitou para dizer à pessoa que editou um vídeo de sua fala que ela já está perdoada e a aconselhou que orasse mais.