Violência não reduz com população armada, defende Jorge

Violência não reduz com população armada, defende Jorge

Imagem ilustrativa Imagem ilustrativa http://www.kiaunoticias.com/destaque/a-violencia-que-violencia

Jorge Cardoso (PSD) tocou em um assunto delicado que tem tomado conta principalmente das redes sociais: a segurança pública no país. E diferente do que pregam alguns candidatos à presidência, a solução não está no armamento da população. Pelo contrário, as pessoas ficariam reféns das atrocidades que viriam a ocorrer.

Para o professor, o debate não deve ficar em armar ou não a população, mas em pontos cruciais como a desigualdade social, baixa escolaridade, dificuldade dos jovens em encontrar o primeiro emprego e a luta contra o crime organizado. O número de homicídio no país é maior que o número de mortos com a guerra em países como a Síria e o Iraque.

Por fim, o vereador lamentou que aqueles que vão defender a população e os que foram escolhidos para segurança pública postam fotos com armas, com suspeitos como se estivesse em clima de guerra. “Isso não ajuda em nada. Precisamos discutir violência de outra forma”.