Lei Lucas pode ser realidade em Bebedouro

Lei Lucas pode ser realidade em Bebedouro

Por iniciativa da vereadora democrata Sebastiana Tavares, Bebedouro pode ser o mais novo município a aderir à Lei Lucas que garante que as escolas tenham profissionais treinados em primeiros socorros. A proposta recebeu apoio dos vereadores Jorge Cardoso (PSD), Juliano (PSD) e Rogério Mazzonetto que subscreveram o anteprojeto.

A questão ganhou notoriedade após a morte do menino Lucas Zamora de 10 anos que se engasgou com um cachorro quente durante um passeio de escola em Campinas em setembro de 2017. Desde então, os familiares do garoto iniciaram uma mobilização para que em todas os municípios do país haja uma lei que garanta funcionários habilitados em primeiros socorros em toda escola do Brasil. A proposta tem como objetivo evitar que outras vidas sejam perdidas em caso de acidentes.

Só no Facebook, a página Vai Lucas conta com mais de 135 mil seguidores e Câmaras dos mais diferentes municípios de São Paulo já aprovaram uma lei nesse sentido. Para a vereadora Sebastiana, a lei é de grande importância, uma vez que ninguém está livre de acidentes e o socorro prestado de maneira adequada pode salvar vidas.