Em data comemorativa, professores têm pouco o que comemorar

Em data comemorativa, professores têm pouco o que comemorar

O vereador e também professor Jorge Cardoso (PSD) aproveitou para enaltecer a figura do professor que é lembrado anualmente no dia 15 de outubro.  A importância desse profissional melhora o desempenho dos estudantes.

Apesar da festividade, não há muito o que comemorar já que ser professor hoje no Brasil é um grande desafio. “Nos tempos áureos do magistério, os professores possuíam status social e ganhava um salário condizente com o importante papel exercido na sociedade”.

O vereador trouxe dados que mostram que a realidade é bem diferente da passada, já que hoje os professores de rede pública são obrigados a conviver com baixos salários e violência. Segundo dados do IBGE, os professores com nível superior recebem 39% a menos que outros profissionais com a mesma formação.

Outro dado também chamou a tenção: mais da metade dos educadores já foram vítimas de violência e 44% já foram vítimas de agressão. Muitos não conseguem retornar à sala de aula após as marcas da violência e precisam de readaptação. Com isso, o Estado precisa arcar com afastamento do profissional e com o substituto – quando consegue alguém para substituir.

Apesar dos percalços da profissão, o vereador deixou uma mensagem otimista aos professores: “Um sorriso, um gesto de carinho, faz você acreditar que escolheu a profissão certa. Formar pessoas é uma missão. É necessário realizar com amor e sabedoria, entretanto, é preciso também ser reconhecido, valorizado não só pelos governos, mas por toda a sociedade, que depende desse importante trabalho realizado pelos nossos educadores. Parabéns a todos os professores”.

Programação dos Eventos

« Outubro 2017 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31