Apadrinhamento Afetivo ganha espaço da Câmara

Apadrinhamento Afetivo ganha espaço da Câmara

A tribuna da câmara foi ocupada por Luciana Lopes – coordenadora da Rede Criança e Adolescente de Bebedouro – para falar sobre o Apadrinhamento Afetivo que busca padrinhos e madrinhas para crianças e adolescentes que estão nas instituições de acolhimento da cidade.

Lopes explicou que o programa Caminhos do Afeto pode mudar a vida de uma criança doando um pouco do tempo durante a semana.  Ela explicou que por ficarem em um abrigo, os adolescentes permanecem invisíveis na sociedade além da necessidade de possuírem alguém para referência. “ O carinho transforma a vida das pessoas”.

 São 32 mil casais para 7200 crianças, mas infelizmente a maioria permanece no abrigo até completar 18 anos, já que a preferência por adoção é para crianças de até 3 anos

Os interessados em mudar a vida de uma criança ou adolescente devem residir em Bebedouro, possuir no mínimo 21 anos e ser pelo menos 16 anos mais velho que o afilhado. Para mais orientações, deve enviar um e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Programação dos Eventos

« Dezembro 2017 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31